“Netflix dos sermões” será lançada em novembro

Idealizador acredita que poderá atrair geração mais jovem para o cristianismo.

Um dos diretores da rede de televisão ABC e fundador da produtora Mediaite, Dan Abrams, anunciou que em novembro começará a transmitir sermões de igrejas evangélicas por streaming. Aos moldes da popular plataforma Netflix, será oferecido acesso a conteúdo tanto ao vivo quanto gravado. Em alguns casos, haverá um tempo para “discussão em estúdio”, que remete aos comentários de programas esportivos.

Abrams, que tem uma carreira de sucesso na produção de mídia, criou a Ambo, um sinônimo para púlpito, que faz transmissões a partir de um estúdio em Nova York. Atualmente a Ambo TV já oferece devocionais.

“O lançamento da programação ao vivo está agendado para novembro, com sermões simultâneos aos sábados e domingos. Já temos parceiros de alto perfil, que inclui autores de best sellers cristãos”.

“Nosso plano é, em pouco tempo, expandir para os dias de semana também”, continua Abrams. “Haverá transmissões no estúdio recém-construído da Abrams Media em Nova York. Além dos comentaristas, os espectadores poderão opinar através de um recurso de chat ao vivo durante os programas.”

A diretora da Ambo é Brooke Girley, formada em estudos religiosos pela New York University. Ela vem de uma família de pastores e explica que é uma aposta no formato que tende a se consagrar como novo paradigma da comunicação. A convicção dos seus criadores é que o serviço atrairá jovens e pessoas que trocaram a TV e o rádio pelas facilidade do ambiente  online.

“Precisamos de uma rede de inspiração para os cristãos mais jovens. A Ambo TV permitirá que os espectadores assistam a sermões coerentes, em tempo real, com pastores dessa geração e que discutam com outros espectadores de todo o mundo. Este é o tipo de rede que muitos de nós esperávamos”, destaca.

Por Jarbas Aragão

Com informações The Hill

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress spam blocked by CleanTalk.