O VALOR DA ADORAÇÃO A DEUS NO LAR

evangelhonolar

Introdução
No Livro de Gênesis, Cap. 3 e no Salmo 128, encontramos o valor da adoração a Deus no lar. Deus deseja que, em cada lar, haja um ambiente espiritual que honre e glorifique o Seu nome.

A maioria dos pais crentes não têm percebido a necessidade da adoração no lar, imaginando que só a igreja local atende às necessidades espirituais de sua família. Mas isso é um engano. Meditemos um pouco no assunto.

I – Deus quer estar presente no lar
1. No primeiro lar, Deus estava presente.
Deus visitava; Deus falava; Deus orientava o primeiro casal;
Enquanto obedeceram à voz de Deus, havia um culto maravilhoso no lar edênico.
Quando desobedeceram, Satanás prevaleceu.
HOJE, acontece a mesma coisa: Deus no lar: Harmonia, paz, amor. Deus fora do lar: falta de amor, ciúmes, contendas , brigas; desunião.

II – Com Deus no lar, A família é feliz

  1. O Pai de família é feliz (Sl 128.1)
    Ele teme a Deus e ANDA nos seus caminhos…
    Adora a Deus; reparte felicidade com os seus;
    É companheiro e amigo dos filhos e da esposa, ajudando-os a serem bons crentes;
    Ele ama a esposa e dá exemplo aos filhos;
    Tem cuidado e zelo pela família (Ver 1 Tm 5.8);

    2. A Mãe, esposa e mulher é feliz (Sl 128.3a)
    Ela é comparada a uma ÁRVORE FRUTÍFERA:
    Dá fruto, dá sombra, dá abrigo, dá aconchego;
    A árvore precisa ser cuidada: amor, zelo, afeto, carinho;
    É diligente (Pv 31.27: é virtuosa (Pv 31.10-11);
    É admirada e elogiada pelo esposo e pelos filhos (Pv 31.28-29).

    3. Os Filhos são abençoados (Sl 128 3b)
    São comparados a PLANTAS DE OLIVEIRAS:
    Dão fruto: Ver Gl 5.22-23;
    Dão azeite (unção do Espírito Santo);
    Dão sombra (amparo, abrigo contra o desconforto );
    As plantas precisam ser regadas, cuidadas: amor, cuidado, afeto, tempo, diálogo.

    4. A Prosperidade no Lar Cristão (Sl 128.2; 4-6; Dt 28)
    Prosperidade em tudo (Sl 1.1-3);
    Bênção na cidade (Dt 28.3a); Bênção no campo (Dt 28.3b-4);
    Bênção na vida doméstica (Dt 28.5,8);
    Bênção dentro e fora de Casa (Dt 28.6; Sl 121.8);
    Bênção diante dos inimigos (Dt 28.7; Sl 23.5);
    Bênção na parte financeira (Dt 28.12).

    III – A Adoração a Deus no Lar é Mandamento de Deus (Dt 11.18-21)

  2. Os pais devem ter a palavra no coração(V. 18)
    Do coração procedem as saídas da vida (Pv 4.21-22);
    A boca fala do que o coração está cheio (Lc 6.45);
    “A morte e a vida estão no poder da língua” (Pv 18.21);

    2. Os pais devem ter a palavra de Deus nas mãos (V. 18)
    As mãos devem ser usadas de acordo com a Palavra de Deus todos os dias;
    O toque das mãos pode conduzir bênçãos com a palavra. Jacó abençoou os netos, tocando neles (Gn 48.8-10;13-16).

    3. Os pais devem ensinar a palavra cuidadosamente (V. 19)
    Ensinar assentado em casa (v 19);
    Ensinar andando pelo caminho;
    Ensinar durante o dia;

    4. O valor do Culto Doméstico

4.1. Período
Deve ser feito diariamente: durante 10 a 15 minutos apenas;

4.2. Providências
Providências preliminares: reunir a família e mostrar a necessidade do culto doméstico.

4.3. Roteiro – pode variar
1) Cânticos de corinhos ou de hinos de que todos gostem;

2) Leitura de pequeno trecho da Bíblia: cada dia, um membro da família ler; ou todos leem alternadamente os versículos (isso ajuda a participação maior);

3) Um Comentário rápido e significativo pode ser feito, enfatizando os pontos, aplicando-os à vida da família;

4) Pedidos de Oração: cada um pede por seus problemas e pelos outros;

5) Oração: uma só, por um membro da família ou fazem oração um após outro;

4.4. Obstáculos
1) Desencontros dos horários da família: O pai trabalha em um horário; a mãe trabalha em outro; os filhos saem cedo para a escola; horários desencontrados;

2) Fadiga: o trabalho e os estudos em excesso conspiram contra o culto doméstico;

3) Pouca importância: muitos passam horas e horas diante da TV, mas não encontram tempo para o culto doméstico.

Tudo isso dificulta mas não deve ser usado como desculpas para a não realização do culto doméstico. O Inimigo pode agir nessas coisas.

É preciso colocar o culto doméstico como prioridade no lar. Só traz bênçãos para a família.

Os obstáculos podem ser vencidos com o Poder do Espírito Santo e o esforço de todos, principalmente dos líderes do lar (Pai e mãe). Há tempo para tudo (Ec 3.1); Podemos tudo naquele que nos fortalece (Fp 4.13).

CONCLUSÃO:
A adoração a Deus no lar precisa ser valorizada. A avalanche de pecados que são jogados contra os lares, especialmente através da mídia (TV, rádio, literatura pornográfica, etc…) só pode ser derrotada com a família unida em torno do altar da adoração a Deus. É melhor desligar o altar da televisão e acender o ALTAR DA ADORAÇÃO.

PAI E MÃE:  não deem desculpas que agradem ao inimigo. REALIZEM O CULTO DOMÉSTICO COM SEUS FILHOS. Que Deus nos abençoe (Nm 6.24-26).

Autor: Pr. Elinaldo Renovato de Lima

You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe o seu comentário, ele será bem-vindo

Powered by WordPress | Designed by: Premium WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Bromoney and Wordpress Themes