7 fatos que corromperam a igreja evangélica

palavrado

É triste escrever um artigo como esse 7 fatos que corromperam a igreja, não só pelo momento que a igreja vive, de total descrédito diante da sociedade, mas também pela falta de perspectiva de melhora desse cenário.

Quero deixar claro que existem igrejas sérias, e que realmente se dedicam ao evangelho, então que esse artigo sirva de alerta para que possamos estar vigilantes.

Muitos estão se levantando na procura de alertar as pessoas para uma vida cristã responsável e de referência, onde a comunhão com Deus e os irmãos seja algo notório, a ponto de impactar a comunidade que vivemos, porém, a cada dia que passa entendemos que a igreja “pessoas” estão deixando cada vez mais de lado a Palavra de Deus e a vida em santidade, acarretando na imagem totalmente escurecida da igreja que vemos hoje.

Segue uma lista de 7 itens que corromperam grande parte das igrejas evangélicas:

1 – Teologia da Prosperidade

Teologia da prosperidade (também conhecida como Evangelho da prosperidade) é uma doutrina religiosa cristã que defende que a bênção financeira é o desejo de Deus para os cristãos e que a fé, o discurso positivo e as doações para os ministérios cristãos irão sempre aumentar a riqueza material do fiel. Baseada em interpretações não-tradicionais da Bíblia, geralmente com ênfase no Livro de Malaquias, a doutrina interpreta a Bíblia como um contrato entre Deus e os humanos; se os humanos tiverem fé em Deus, Ele irá cumprir suas promessas de segurança e prosperidade.

A Teologia da Prosperidade é uma espécie de câncer, que vai contaminando o corpo, existem diversas denominações que pregam abertamente que o cristão deve ser rico, se “semear” em abundância. Esse ensino é anti-bíblico, e quem o segue não entende o significado de 1 Coríntios 4:11 – “Até esta presente hora sofremos fome, e sede, e estamos nus, e recebemos bofetadas, e não temos pousada certa”.

2 – Corrupção

Não é mais novidade olhar as notícias e encontrar líderes religiosos envolvidos com desvio e lavagem de dinheiro, subornos, e toda espécie de corrupção.

Não se aplica apenas aos líderes religiosos, mas também a chamada “bancada evangélica” na política tem se envolvido com corrupção.

3 – Escândalos Sexuais

Basta uma rápida pesquisa no Google para ver o número de cristãos que estão passando por um processo de divórcio, é espantoso, segue-se o adultério, lascívia, igrejas alternativas defendendo casamento homossexual, e ainda a pornografia e o sexo antes do casamento que está virando uma utopia mesmo entre os cristãos.

4 – Mau Testemunho

Quem nunca ouviu a frase: “Faz tudo isso e ainda diz que é crente”. Junta-se tudo o que foi dito e soma-se ao fato de um coração soberbo e orgulhoso e a falta de misericórdia, então temos milhares de cristãos correndo atrás dos próprios interesses, são coisas pequenas do dia-a-dia como respeitar as regras existentes, como dar um lugar no ônibus para alguém, respeitar as vagas de estacionamento, etc..

Muitos cristãos também estão querendo se “dar bem” através do jeitinho brasileiro, sonegam imposto, compram aparelho que libera TV a cabo de “graça”, etc..

5 – Irrelevância na Comunidade

Que o cristão tem se misturado ao mundo de uma forma nunca antes vista, acredito que já está bem claro, mas como isso não bastasse a igreja tem perdido cada vez mais relevância na comunidade onde está inserida.

Clínicas de recuperação, asilos, creches, orfanatos, comunidades carentes, moradores de ruas, são diversas áreas que estão carentes da ajuda da igreja e não estão recebendo o auxílio devido.

6 – Indiferença entre os Membros

Pessoalmente já entrei e saí em diversas igrejas sem ser notado por ninguém, isso é terrível, e se tornou normal nas grandes igrejas. Essa atitude é totalmente contra o que diz o evangelho em Atos, onde as pessoas se reuniam e tinham tudo em comum.

7 – Falta de Conhecimento Bíblico

Enfim entendo que o que leva a igreja a estar nessa situação é a falta de conhecimento bíblico, a falta de intimidade com o Pai.

Isso tem levado as pessoas a estarem totalmente perdidas, vivem dizendo ser cristãs, mas suas vidas são levadas como se Deus não existisse, a não ser pelo Domingo.

Que essa mensagem sirva de reflexão para que possamos analisar as nossas atitudes diante da sociedade, rever nossas prioridades, e nos aproximarmos do Senhor, acredite, o tempo está próximo.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe o seu comentário, ele será bem-vindo

Powered by WordPress | Designed by: Premium WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Bromoney and Wordpress Themes