Homossexualismo: um sinal dos tempos

bandeira-gay

Alguém poderia pensar que relacionar o surto homossexual atual com eventos pertinentes à volta de Jesus e o final da história não passa de extremismo “escatologista”. Afinal, o homossexualismo existe pelo menos desde Sodoma e Gomorra e nem tudo é sinais dos tempos.

É bom lembrar que há muito tempo o comportamento homossexual saiu de seu status de ilegalidade ou mesmo de pecado (pelo menos para a sociedade em geral). Só mesmo países islâmicos e outros poucos o condenam juridicamente. Igualmente ele não sofre restrições sociais. Há muito que tornou-se elemento favorito em programas e filmes de humor. De risada em risada ele foi se fixando como normalidade no consciente coletivo. Ser homossexual poderia ser engraçado. E pode até virar arte e ganhar o Oscar como O Segredo de Brokebrack Moutain.

Também essa fase já passou. O movimento homossexual já conseguiu se estabelecer politicamente. Passo a passo eles vão impondo sua agenda sobre a sociedade e condenando todo aquele que se opuser a eles, como aconteceu com Ló em Sodoma: “Mas eles [os habitantes de Sodoma] responderam: Caia fora! Você chegou aqui, nem sabemos de onde, e já quer nos dizer como devemos viver? Pois vamos fazer a você pior do que com eles!” (Gênesis 19.9 – Bíblia a Mensagem). Não aceitavam que Ló condenasse seus atos, como hoje ocorre.

Todavia, pelo menos três passagens nos levam a pensar no homossexualismo como elemento escatológico, indicador de que o fim está próximo:

A multiplicação da iniquidade (Mateus 24.12) – Como mostramos no texto Um novo nível de pecaminosidade, a desobediências aos princípios bíblicos é tão evidente que vai além da mera prática, chegando já na defesa e aprovação dos atos condenáveis. A política homossexual é apenas um dos elementos relacionados à multiplicação do pecado, mas é um componente destacado dentro do todo.

Jesus disse que sua volta seria como nos dias de Ló (Lucas 17.28-30) – Embora não tenha citado diretamente a homossexualidade de Sodoma, esse fato era conhecido pelos seus ouvintes (Gênesis 19. 4,5). O juízo veio sobre aquela cidade por causa de sua abundante iniquidade e assim será o juízo sobre o mundo moderno.

O anticristo será homossexual (Daniel 11.37) – Muitos estudiosos interpretam a expressão “não terá respeito… ao desejo das mulheres” como significando que anticristo será homossexual. Mesmo que apenas esse texto apoie a ideia, não podemos esquecer que o ministério da injustiça já está em operação (2 Ts 2.7). Se o texto de Daniel se referir a uma característica do anticristo, que é descrito na epístola aos Tessalonicenses como o homem da iniquidade, então nada mais natural que o terreno ser preparado antes de sua manifestação.

Como vimos, há uma explicação bíblica para o surto homossexual da atualidade. Para alguns pode parecer exagero e nada mais do que um fato histórico como outro qualquer. Nós, porém, que amamos a Bíblia e a temos como bússola, ficaremos atentos aos acontecimento que nos cercam:

Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele Dia vos surpreenda como um ladrão; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e  sejamos sóbrios. (1 Tessalonicenses  5.4)

Por Pr. Eguinaldo Helio de Souza

You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe o seu comentário, ele será bem-vindo

Powered by WordPress | Designed by: Premium WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Bromoney and Wordpress Themes